20.3.08

Fabuleta

Estava no centro
pra onde convergiam as estradas de mão dupla.
Caiu de pára-quedas,
sem lembrar de onde vinha.
Era meia noite,
queria meio dia.
Descascava laranjas com um canivete enferrujado.
Uma após a outra
as frutas se mostravam apodrecidas.
Já havia descascado uma dúzia
e ainda insistia.
Ficou sentado pensando em qual caminho se arriscar.
Num seria rei
mas só havia um rainha.
No outro tinha sombra
se cansaria.
No outro sol
torraria.
Pensava em um e lembrava-se dos tantos outros que não teria.
Pensou
Pensou
pensou
Veio um caminhão e plaft.

2005

2 comentários:

isaac disse...

fabuleta seria de um final feliz?
will nao da espaco para rotulos ..
abracos de bangkok !

FlaM disse...

a-do-rei!