7.1.07

Lígia Pinheiro

Títere
Data ?????

Ir andando,
me afastar.
Me afastar ao máximo,
do máximo.
E ainda assim, dividir.

Deixar para trás o lixo
O lixo vazio que me ensinaram
que eu precisava.
E ainda assim ter o que dividir.

Deixar para trás o cenário
Mas ainda me comportar como um boneco
sempre em cena,
Marionete Pensante.

Será que consigo
não querer e ainda pertencer?
Quando as dúvidas me assolam
Nada como dividir.
Que bom quando se torna mais leve
a vida da “Marionete Pensante”.


4 comentários:

renata disse...

Acho que mesmo não querendo, mesmo negando, mesmo fugindo, sempre acabamos fazendo parte. Mas, felizmente, ainda encontramos marionetes-pensantes companheiras, que não nos deixam só nas indagações.

FlaM disse...

boneco?
marionete?
ah, qual é?

não entendi
ou não gostei

esse não rolou...

Anônimo disse...

marionete é um boneco que é manipulado,que é seu caso já que não conseguiu ou achou mais simples e facíl seguir a profissão do pai ja que ele deu um empurrãozinho,resolva sua vida agora saia da casa dele va p. seu apt.faça algo que queira mesmo, vc e o M. são dois BBs chorões tudo é seu pai que resolve sou f. de C. tb e não sou assim...Vê c CRESCE LILI...

bigskull disse...

Inveja é uma merda mesmo!! Mas falar o q duma pessoa q num tem coragem pra mostrar o nome. Qto a vc dona Tó.... "maria-onete" ou não sei q vc é aguerrida o suficiente pra passar por qualquer situação.