29.1.07

O torno na bancada da vida

O mundo passou mais devagar depois de alguns anos
ficou severo e menos ansioso
quis mais saúde, mais sabedoria, mais calma
e menos tempo acordado.

O mundo reconsiderou oposições
soou mais sensato e nunca mais esperneou.
Adquiriu uma face rígida, austera e às vezes sarcástica
porém mais generosa.

O mundo sonhou menos nestas últimas noites
e realizou mais – inevitavelmente
nestes últimos dias.

Esta não é, de fato, uma Terra Antiga e quiçá
possa ainda este mundo ser chamado jovem
mas amadureceu, sem dúvidas.
E hoje é menos turbulento.
Vê-se aos poucos que vai serenando.
Vê-se, que aos poucos torna-se aquilo que ninguém esperava.
O mundo mestres, envelheceu deveras
E eu duvido, e muito,
Que tenha sido só o meu.

Avante!

(Vinicius Perenha)

* * *

Um poema foda, de 2005 ou 2006.
Continuamos avante, desnecessário dizer.
A gincana bebe apenas êxitos,
ainda que repleta de fracassos.

3 comentários:

renata disse...

Aê Isaac, segurando firma a onda do Presença!

Acho que estamos rpecisando dar uma "revitalizada" nisso aqui. Cadê todo mundo, Vinícius, Rafael? Hein hein? O William pediu pra avisar que está com problemas "tecnológicos", o computador dele resolveu não ligar mais, mas logo ele volta à programação normal.

Eu, por conta de uma rubéola, me recolhi um pouco esses dias. Mas acho que precisamos mto marcar um encontro no Cachaça pra pôr ordem na casa. Cadê os poemas pro livro de vcs 3? Ainda estou esperando e vcs precisam acertar os últimos detalhes pra impressão!

Vamos lá gente, avante! Conclamo todos a marcar Presença!
beijos!

isaac disse...

pdcr .. !
vamo botar essas poesia pra baixo, nobreza.
quando marcamos ?

renata disse...

por mim, qualquer dia é dia.
provavelmente, eu não vou poder beber nada, pq ainda vou estar meio doente. mas eu marco presença com vcs!
que tal esse final de semana? sexta, sábado, domingo?
o vinícius tomou doril?