6.8.07

Regresso

Bom, esse poema retrata o regresso de um jovem cadete ao seus aposentos numa escola militar.
************************************************************************************

Desliguei a luz do farol
Acendi a luz interna do carro
Aproximando-me lentamente
Do sentinela ali parado

"Identifique-se por favor"
Interpelou-me
Mostrei-lho um documento
Autorizou-mo

Adentrei ao lugar
Olhei novamente o documento
Guardei-o
Não sabia ainda quem eu era.

(Fábio dos Santos)

Um comentário:

isaac disse...

"autorizou-mo" hehehehe profissa!
poesia/filosofia